Alfa Romeo terá primeiro piloto chinês na Fórmula 1

16 de novembro de 2021
O piloto Guanyu Zhou, de 22 anos, assinou contrato com a Alfa Romeo nesta terça-feira (16) e será o primeiro piloto chinês na história da Fórmula 1. Guanyu Zhou, que substituirá o italiano Antonio Giovinazzi, terá como companheiro de equipe o finlandês Valtteri Bottas.

Piloto reserva da Alpine pela segunda temporada consecutiva em 2021, Zhou participou em sua primeira sessão de treinos livres da F1 este ano, durante o Grande Prêmio da Áustria.

O acerto entre Zhou e Alfa Romeo para a Fórmula 1 em 2022 está longe de surpreender. No último fim de semana, por exemplo, uma concessionária da marca italiana na China deixou escapar a ida de Guanyu para a equipe ao escrever na sua vitrine: “Força, China! Força, Alfa Romeo, Vamos, Guanyu Zhou!”. Daí em diante, era somente esperar pela definição do anúncio.

Inicialmente, Oscar Piastri, tido como último rival de Zhou na luta por um espaço no grid de 2022, teve o nome anunciado como piloto reserva da Alpine; na sequência, a Alfa Romeo confirmou que Antonio Giovinazzi deixaria a equipe no fim do ano. Faltava só mais uma coisa, que logo veio: o fim da novela Zhou.

Somente dois outros chineses chegaram a participar de sessões oficiais da Fórmula 1, mas na condição de reservas: Ma Qinghua, em quatro TL1 em 2012 com a HRT e no TL1 do GP da China de 2013, com a Caterham; e Adderly Fong, que fez o treino de sexta-feira do GP de Abu Dhabi de 2014 com a Sauber.

Sonhei desde criança em escalar o mais alto possível no esporte que eu amo e, agora, o sonho se tornou realidade. É um privilégio começar minha carreira na F1 numa equipe tão icônica e que colocou tanto talento jovem na F1 no passado. O sonho virou realidade. Sinto que estou preparado para o desafio imenso da F1, o topo do meu esporte. A meta do ano que vem será aprender o quanto for possível e o mais rápido que der. Ser o primeiro chinês na F1 é histórico no esporte a motor chinês. Sei que muitas esperanças estarão depositadas em mim e, como sempre, levarei essa motivação para me tornar melhor e alcançar mais”, disse Zhou.